Chegamos aos créditos de A Múmia, o novo filme de Tom Cruise. A Universal Pictures apresenta este novo reboot que fará parte de seu Universal compartilhado (rsrsrs :P), porém o  filme não apresenta nada de novo com relação a versão anterior de 1999. O filme começa no Iraque em uma operação do exército americano e no meio disso tudo aparece Nick Mortom (Tom Cruise) que descobre a prisão de Ahmanet, podemos ver que nesta versão houve uma inversão de papéis, onde Imhotep que era a múmia que estava atrás da escolhida Evelyn Camaham.

O filme conta com várias cenas ótimas de ação, com Tom Cruise correndo sem parar em todo o filme e também a clássica cena do rosto de Imhotep, quer dizer, Ahmanet se formando na tempestade de areia. Porém apesar destas grandes cenas de ação modernizadas é o que leva ao problema do filme pois nos apresenta os personagens superficiais e não conseguimos construir um grande carisma com cada um. Na versão de 1999 o filme pisava um pouco no freio no começo para nos apresentar os personagens e a importância de cada um na história, neste novo todo o plot do filme e o porque Nick é importante para Ahmanet é explicado em uma cena curta e forçada que também acontece em outros pontos do filme.

Depois destes problemas iniciais o filme tem um ótimo 2º ato, o visual das múmias incríveis e alguns momentos aterrorizadores, lembrando até filmes de zumbi. Chegando no 3º ato o filme volta a cometer algumas falhas e o processo começa a desandar, querendo nos empurrar que o filme faz parte de um universo compartilhado chegando a um final não muito satisfatório.

Tirando estes pontos o filme foi bom, nos proporcionando bons momentos de diversão que foi melhorado 100% com a sala 4DX da UCI. Inaugurada no shopping New York City Center, no Rio de Janeiro a UCI em parceria com a empresa CJ 4DPLEX, pioneiras no segmento 4D em filmes de longa-metragem com sede em Seul, nos apresenta esta nova tecnologia, uma sala totalmente preparada para nos conectar ao filme através dos cinco sentidos com sensações como cheiros, vibrações, movimentos das poltronas em todas as direções, além de fumaça e tempestade (com raios, ventos e chuva). A sala também joga água na sua cara e as poltronas soltam um ar pressurizado perto da cabeça e nas pernas em cenas de tiroteio.

Uma sensação única que você deve conferir e, filmes de ação como A Múmia é uma ótima oportunidade pois consegue explorar todos os recursos desta maravilhosa tecnologia que a UCI nos proporcionou.

 

Trailer

 

4DX